Corvo, A mais pequena ilha do arquipélago...

Com apenas uma área de 17 Km2 e distando cerca de 10 milhas para norte das Flores, a ilha do Corvo é a mais pequena do Arquipélago, albergando uma população de pouco mais de 300 habitantes que se concentram no único aglomerado urbano existente na ilha: a Vila Nova do Corvo.

Pitoresca localidade pela tipicidade das suas casas, ladeando ruas estreitas, localmente designadas por “canadas”, na Vila, a Igreja de Nossa Senhora dos Milagres, Padroeira da ilha representada por uma escultura flamenga de Malines, do início do séc. XVI, é o único edifício que sobressai das restantes construções.

Saindo do aglomerado urbano, o Morro do Pão de Açúcar dá-nos uma primeira panorâmica sobre a paisagem corvina. No Monte Grosso, o ponto mais alto da ilha com 770 m de altitude, uma extraordinária vista sobre o Caldeirão, vasta cratera do extinto vulcão que deu origem à ilha, com 300 m de profundidade e 3,4 Km de perímetro, completa o panorama paisagístico desta pequena ilha.

Os interessantes rochedos do Cavaleiro e do Marco e vários outros pequenos ilhéus espalhados junto à ilha, conferem à escarpada costa corvina uma beleza digna da nossa admiração.